Conheça as desculpas que não te deixam alcançar o sucesso

Agir, tomar decisões, crescer profissional e pessoalmente, tudo isso demanda esforço, algo que nem sempre estamos dispostos a ter.

É nessas horas que várias desculpas aparecem para justificar a nossa falta de ação, como uma forma de conforto mental: “Não fiz nada porque eu tinha um bom motivo para isso”.

Se você tem sonhos e ambições, veja quais são as desculpas mais comuns e veja como tirá-las da sua vida.

Desculpa Nº1: É preciso ter contatos

Sim, conhecer pessoas, ou seja, ter uma network, é algo muito importante e pode abrir muitas portas para você. Se você não tem contatos agora é provável que você diga: “Mas eu não tenho contatos!”

O que você precisa saber é: um bom trabalho atrai bons contatos, e você ainda pode ir atrás deles…

Você deve aproveitar as facilidades da tecnologia e criar conexões online.

De que forma você pode fazer isso?

Há várias maneiras. Uma delas é construindo autoridade na internet, seja por meio de um blog, canal do Youtube, podcasts…

Com a sua plataforma de autoridade rodando, é possível entrar em contato com outras pessoas para realizar entrevistas e guest posts, assim como elas entraram em contato com você com esse objetivo.

Outra dica é fazer comentários em posts e participar de eventos presenciais, como congressos e palestras sobre a sua área de atuação.

Desculpa Nº2: Preciso fazer mais pesquisas

É normal bater aquele receio de que você não está pronto, de que é preciso mais treinamento ou mais pesquisas para que você possa escrever um texto, lançar um produto, enfim, tomar uma decisão e agir.

No entanto, isso pode fazer com que você perca o timing do negócio, deixando as coisas ainda mais difíceis no futuro.

Uma frase bem conhecida entre os empreendedores brasileiros que trabalham com marketing digital é: feito é melhor que perfeito. Não existe perfeição, e você deve escolher se quer ser a pessoa que faz ou a pessoa que não faz.

Deu algo errado? Se for possível, corrija e, claro, aproveite a oportunidade para aprender com o erro.

Desculpa Nº3: Tenho muitas/poucas ideias

Uma ideia é algo que todo mundo tem, todos os dias. A questão é: você está disposto a tirar a ideia da sua cabeça e passá-la para a realidade?

O grande problema com quem tem muitas ideias é que a pessoa acha várias ou algumas delas são fantásticas, perfeitas, e que ele precisa escolher a mais perfeita para que tudo dê certo.

Enquanto isso, quem tem poucas ideias sofre porque acha que ainda não teve a ideia mais fantástica e perfeita.

No final das contas os dois tipos de pessoas esbarram com 1 grande problema: não existe ideia “mais perfeita”, e é isso que os faz perder tempo.

Escolha uma que lhe faça sentir prazer em trabalhar, tire-a da sua cabeça e veja o sucesso acontecer.

Desculpa Nº4: A ideia que eu tenho já existe

Essa é a melhor prova de que ela funciona! O que há de errado nisso? Não deixe o medo de entrar no mercado lhe atrapalhar.

Você já foi ao supermercado e viu uma única marca em todas prateleiras?

Só existe uma escola de inglês no Brasil? Uma agência de marketing? Uma fabricante de material de construção? Mais cedo ou mais tarde haverá concorrência.

Desculpa Nº5: Sou muito ocupado

As chances são de que você não seja tão ocupado quanto imagina. Será que você está usando o seu tempo de maneira produtiva?

Isso inclui vários fatores, inclusive quantidade de sono e alimentação, que podem afetar a sua cognição e diminuir a sua produtividade.

Seu tempo ocioso precisa ser analisado e você precisa ter disciplina para adotar uma nova rotina.

As pessoas que escolhem organizar o tempo são capazes de aproveitar o dia muito melhor, e elas também têm mais sucesso na vida. Só depende de você.

Faça uma análise do seu tempo por uma semana. Veja o quanto você demora para cumprir tarefas básicas, moderadas e complexas. Calcule o quanto você dorme e quanto tempo de intervalo entre uma tarefa e outra você tem.

Com a internet ao nosso alcance o tempo inteiro, é provável que você esteja se distraindo mais do que deveria.

Desculpa Nº6: Preciso de dinheiro (ou mais dinheiro)

Há como começar negócios do zero, com pouco ou até mesmo nenhum dinheiro. E-books, blogs, canais no Youtube, podcasts, entre outras formas.

Sugiro que veja o artigo: 4 mitos sobre ganhar dinheiro na internet.

Desculpa Nº7: Vou fazer amanhã

Quantas vezes você disse isso e realmente fez? Há quem realmente esteja cansado ou em um momento ruim e consiga remarcar a atividade para o dia seguinte sem prejudicar o andamento de um projeto, mas nem todo mundo age dessa forma.

Evite dizer que vai fazer amanhã. Isso pode tornar um hábito que lhe trará problemas.

E então, vai deixar para aplicar as dicas amanhã ou hoje?

 

Gostou?  Então me diga nos comentários as sacadas/dúvidas e comentários que surgiram para você.

Quer aprender mais sobre como ter um negócio de sucesso usando a Internet?
Então aproveite e baixe grátis as 5 Maiores Sacadas que tirei do meu livro, Negócios Digitais!

6 Comentários

  1. Sandra

    Olá Alan,

    Quero agradecer por todo seu trabalho desde o Conaed, pois o seu trabalho tem me guiado e me dado orientações e informações para alcançar pessoas fantásticas. Você transforma minha vida com seu trabalho.
    Grata,
    Sandra.

    Responder
    1. Alan Pakes

      Muito obrigado pelo elogio e por me acompanhar, Sandra! Fico feliz que venho transformando sua vida!! Abraços.

      Responder
  2. Sandro Toledo

    Alan, sou membro do Conaed 2.0 mas não tenho acessado os conteúdos (pelo note, mas gravei os podcasts no meu celular), o acesso é por tempo ilimitado? tenho como recuperar meu login e senha ? estavam salvos em um outro note que deu pau… abraços !

    Responder
    1. Alan Pakes

      Tem como recuperar seus dados, sim! Estou encaminhando seu pedido a minha equipe. Grande abraço.

      Responder
  3. Clarissa Betti

    Muito bom! Várias coisas desse tipo acontecem comigo, e é bom saber que não sou a única, e que há solução!
    Comecei a mudar já! Não estou deixando para amanhã…Obrigada

    Responder
    1. Alan Pakes

      Ótima notícia Clarissa! É isso aí! Foco! Sucesso! Grande abraço, Alan.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *